quarta-feira, 11 de janeiro de 2012


Perdoa-me por ser assim. Eu queria ser melhor, mas não sou, e não consigo melhorar. Perdoa-me por ser desse jeito que te machuco, eu não queria ser assim. Queria ser uma pessoa melhor. Eu tenho esse jeito, mas o que não falta em mim é amor. Eu posso brigar gritar com você, e dizer que eu te odeio, mas no fundo eu só quero gritar ”eu te amo” até perder as forças, mas eu sou estúpida demais, não sou capaz de ser a pessoa perfeita que você tanto merece. Eu não consigo demonstrar tudo o que eu sinto, eu escondo; queria que você soubesse de tudo, de cada lagrima que eu derramei por não te ter, de cada sorriso que eu dei, só por te ver sorrindo. Perdoa-me mais uma vez, por não ser a pessoa que você sempre sonhou. Eu me detesto por ser assim; eu machuco as pessoas. Eu tenho espinhos, quando alguém se aproxima eu espanto. Quando alguém tenta me tocar, eu a machuco. Odeio isso em mim, não deixo ninguém se aproximar. Mas eu te quero perto, mais perto possível de mim. Perdoa-me se algum dia eu te machuquei, não foi minha intenção, não faço por mal. Perdoa-me se eu errei com você, eu só estava tentando acertar. Não sei se você vai se adaptar a mim, pois eu estou sempre errando, mas eu só quero que você me aceite assim.


Nenhum comentário:

Postar um comentário